Tags

, , , ,

Não importa o tamanho da obra. Grande ou pequena, todas elas precisam ser muito bem planejadas para que não tragam transtornos como rompimento de dutos; interferência danosa no sistema elétrico e outras ainda mais sérias. Estes problemas além de atrasarem a conclusão da reforma, podem custar mais do que a própria obra prevista.

Confira as dicas de especialistas para fugir das dores de cabeça de atrasos em obras, afinal na maioria das vezes você está morando no imóvel durante as reformas.

1 – Antes de definir quais reparos serão feitos, é essencial listar os gastos previstos, para assegurar que o projeto seja condizente com orçamento disponível e evitar paralisações nas obras por motivos financeiros;

2 – O auxílio de um arquiteto no planejamento da reforma é indispensável para evitar imprevistos. O profissional deve desenvolver um plano bem definido, detalhando todas as etapas do processo, para garantir a entrega no prazo combinado;

3 – Outra dica é optar por uma reforma objetiva, sem muitos detalhes que dificultem a execução e comprometam o prazo. A ousadia pode estar presente, mas sempre em soluções rápidas, como nos revestimentos;

4 – Mudanças no decorrer da reforma atrasam, e muito, a entrega. A indecisão é a principal inimiga dos prazos. Daí a importância de ter um projeto maduro, bem alinhado e aprovado pelo cliente;

5 – Fique de olho nas promoções e oportunidades para economizar na compra de material de construção, revestimento e até mobiliário. Os meses de janeiro e fevereiro costumam ser uma época propícia para encontrar descontos. (Fonte: Exame.com)

Anúncios