Tags

, , , , , ,

Quer usar uma cor inovadora na decoração, que quebre a seriedade sem exagerar? Então aposte no laranja. De acordo com a arquiteta Aclaene de Mello, de Porto Alegre, esse não é um tom alegre e ansioso, como o amarelo, nem alegre e agitado, como o vermelho. “O laranja passa alegria, mas sem euforia”, aponta a profissional.

Ideal para quem quer estimular a criatividade, o laranja vai muito bem em ambientes sociais, como salas de estar. Acostumada às baixas temperaturas do Sul, Aclaene diz que usa a cor exatamente para aquecer os cômodos. “O frio deixa as pessoas encolhidas, sem vitalidade, e o laranja quebra isso”. Além disso, a cor ainda é versátil: consegue agradar clássicos e descolados. “Quem prefere um ambiente sóbrio pode apenas pincelar detalhes com a cor; já os mais modernos podem adquirir peças ndes alaranjadas, como um sofá”, destaca.

Quarto laranja/Divulgação Aclaene de Mello Arquitetura
Neste projeto de Aclaene de Mello, o quarto recebeu o laranja para marcar uma proposta igualmente descontraída e criativa

De acordo com Gregório Bastos Alencar, coordenador de produtos das Tintas Eucatex, a única restrição ao uso da cor é sua aplicação em cozinhas e salas de jantar. “Cores como laranja e mostarda estimulam o apetite, por isso não devem ser usadas em excesso. Alencar chega a recomendar que pessoas que vivem fazendo dieta evitem totalmente o laranja.

Já Aclaene não recomenda o uso do laranja em lavabos, pois esses ambientes não costumam ter janela. “Esta cor pede um pouco de luminosidade natural para ficar bem”, ressalta a arquiteta. Na hora de combinar o laranja com outras cores, Alencar recomenda tons de ‘terra’, como ocres ou marrons. Aclaene, por sua vez, acrescenta o marfim entre as misturas possíveis, e afirma que peças de madeira ou couro harmonizam com tons alaranjados. Para acertar na composição, evite combinações de laranja com amarelo, vermelho e outras cores fortes, que podem tornar o ambiente cansativo. (Fonte: Terra)

Anúncios