Tags

, , , ,

Todo bom projeto de arquitetura deve aproveitar muito bem a luz solar, criando ambientes claros e saudáveis. Segundo a arquiteta Bianca Duarte, da Asenne Arquitetura, o aproveitamento correto da luz natural ajuda a economizar energia, já que claridade dispensa iluminação artificial.

Em um de seus posts no blog Casos de Casa, Bianca ensina que para não errar, é preciso prestar atenção na orientação solar e identificar onde há incidência de sol pela manhã (a mais desejável), onde há luz solar à tarde, e onde não entra nenhuma luz natural.

Reprodução

A arquiteta lembra que também é preciso ficar atento a interferências do entorno, como grandes árvores ou outros prédios, que podem atrapalhar a incidência do sol. Se não forem levados em conta, esses fatores podem resultar em ambientes escuros, úmidos e frios.

O contrário também deve ser observado. Muita incidência de luz e calor dentro dos ambientes pode ser desagradável e prejudicar móveis e pisos, por exemplo. “O certo é fazer um estudo de insolação antes de definir a posição de janelas e aberturas”, recomenta Bianca.

Reprodução

Para aproveitar a luz natural é desejável ter grandes portas, janelas e claraboias: o uso do vidro faz com que toda a claridade externa entre e crie espaços aconchegantes e bonitos. (Fonte: Casos de Casa)

Anúncios