Tags

, , , , ,

Quando falamos em casas ou apartamentos de praia, a primeira pergunta que nos vem à mente é: o investimento compensa ou não? Financeiramente pode não compensar, mas possuir um refúgio tem valor intangível para muitas pessoas.

“Morar em um país tropical com uma faixa litorânea tão extensa e bela como a do Brasil faz com que muitos planejem adquirir uma casa de praia. A decoração do ambiente, os objetos certos e o material usado na construção podem fazer diferença na hora de realizar este sonho”, diz a arquiteta Ana Paula Naffah Perez, diretora de projetos da C+A Arquitetura e Interiores.

Reprodução

A seguir a arquiteta dá dicas para caprichar no projeto de interiores da casa de praia sem errar no investimento.

Na hora de construir…

• Tudo na casa de praia deve ser pensado em função dos hóspedes. A intenção deve ser criar um clima de aconchego e intimidade para amigos e familiares. É importante que as pessoas se sintam à vontade ao sair do mar ou da piscina;

• Para construir à beira-mar, opte por construções adequadas ao clima. É importante deixar um espaço maior entre a lage e o telhado, para evitar que o local absorva muito calor.

Na hora de decorar…

• Utilize os tons azuis, brancos e beges que lembram mar e areia. A combinação branco, azul e bege é sempre uma boa opção para estes ambientes;

• É importante dar preferência a materiais plásticos ou de madeira. Evite móveis de ferro, que enferrujam e são de difícil manutenção;

• Sofás e poltronas devem ser forrados com material impermeável. Como as pessoas chegam da praia cheias de areia, sal e por vezes água, é bom optar por materiais de fácil limpeza e manutenção. Se puder escolher materiais que não se estraguem com a umidade e a salinidade, tanto melhor, pois dessa forma não haverá mudanças frequentes de mobília;

• Almofadas estão liberadas, desde que sejam em números reduzido, coloridas e de fácil limpeza;

• No chão, o ideal é usar revestimento cerâmico, que compõem bem este tipo de ambiente e são fáceis de limpar;

• Construa ou escolha um imóvel com janelas amplas para que a luminosidade e a ventilação natural possam ser utilizadas. “Casa de praia precisa ser arejada e ensolarada”, destaca Ana Paula Perez;

• “Em relação às cortinas, um dos materiais mais recomendados é o voil de seda ou os materiais sintéticos, tipo tela solar, que permitem a manutenção e limpeza. O voil é leve, tem transparência e é um tecido que seca rapidamente, após a sua lavagem”, diz a arquiteta;

• Falando em quartos, estes devem ter espaços livres para receber bem os visitantes. Deixe prateleiras e bancadas livres para acomodar malas e objetos.

Na área externa…

Um dos locais que deve receber especial atenção são as varandas. O proprietário da casa pode apostar numa parede de varanda com redes espalhadas ou numa parede diferente com uma cor vibrante;

• Na parte externa da casa, é preferível optar por uma mobília em madeira mais barata, como o pinho, por exemplo, com uma boa camada de verniz náutico para aumentar a durabilidade. É possível também utilizar laminados, fórmicas ou fibras sintéticas para o exterior, materiais que conseguirão resistir mais tempo os clima marítimo;

• Quem tem muito espaço deve pensar numa piscina: grande, pequena, de alvenaria, de fibra: o ideal é que estejam acompanhadas de mesas com sombrinhas e que a área de lazer tenha um piso antiderrapante, para evitar acidentes;

• É muito importante também cuidar da manutenção preventiva da área externa, ao longo do ano, para evitar transtornos, como problemas nas partes elétrica e hidráulica da casa, durante o verão. Telhas também merecem atenção especial. (Serviço: http://www.caarquitetura.com.br)

Anúncios