Tags

, , ,

Anualmente, a Pantone Color Institute, empresa americana especializada em cores, faz uma aprofundada pesquisa em tendências de moda, design e arquitetura para então estabelecer qual a tonalidade que irá predominar no ano seguinte. Para quem é minimamente observador, a cor de 2013 já deve estar saltando aos olhos: o verde-esmeralda.

Conforme verificou a Pantone, a belíssima cor, que transmite tranquilidade e elegância, já vinha dando as caras em vitrines do ano passado. Um exemplo bem próximo, foi a Casa Cor Minas que apresentou, entre outras tendências, o ambiente da arquiteta Izabella Dinelli que trazia o verde-esmeralda em uma de suas manifestações mais bonitas e naturais: a pedra Emerald Green.

Emerald Green/Divulgação

Fornecida pela Directa Piedras, a Emerald Green (verde esmeralda em inglês) é uma pedra exótica brasileira, “ou seja, é uma pedra que não é homogênea, uma verdadeira obra prima da natureza, que agrega aos projetos o valor de exclusividade”, explica Marcelo Milagre, diretor da Directa Piedras.

Ainda segundo ele, além da beleza única a Emerald Green carrega consigo a vantagem da versatilidade. Quem usa o material concorda. “Normalmente, um material que usamos no banheiro, não fica tão bem na cozinha ou na sala. Não é o caso do Emerald Green. Este material nos dá uma flexibilidade. Já utilizei em quarto, sala, cozinha e banheiro”, conta Izabella Dinelli.

A profissional reforça que sempre admirou a pedra, e que o fato de ser a cor do ano é só mais um pretexto para utilizá-la. “É um material muito exótico, elegante, suntuoso, diferenciado, que encanta a todos. Além disso, é muito resistente. Algumas pedras naturais possuem restrições de uso, mas não é o caso do Emerald Green. Sem contar que é uma pedra brasileira, o que, na minha opinião, agrega muito valor ao produto”, finaliza a arquiteta.

Anúncios