Tags

, , , ,

Quando o sofá é neutro e possui linhas sóbrias, as poltronas devem ser diferenciadas e ter design, cor ou estampa de impacto e até um desenho inovador

Decoração de sala que se preze tem que ter poltronas. Elas dão charme aos ambientes e são um convite ao conforto. Além disso, contrastam com o restante dos móveis ou os complementam. O designer de interiores Marcel Steiner, que assina uma coluna no Portal UOL, aconselha o uso de boas e elegantes peças na ambientação da casa, mas alerta que as dimensões entre poltronas e espaços devem ser respeitadas. Ele dá algumas dicas de como usá-las corretamente. Confira a seguir:

• Uma boa sala de estar deve ter pelo menos uma poltrona. Essa peça é que vai quebrar a linearidade dos estofados e criar um envolvimento entre os usuários do espaço.

• Se você tem pouco dinheiro, economize em alguns móveis, mas gaste em uma bela poltrona. Somente uma. O conforto proporcionado pela peça é perfeito para quer aprecia a leitura ou mesmo para relaxar o tomar uma bebida.

• Se o dinheiro anda curto, uma boa opção é trocar o tecido de uma velha poltrona, que pode valorizar a decoração da sua casa. Uma simples troca como essa tem o poder de transformar um ambiente. Use estampas ousadas, que não precisam necessariamente combinar com outras peças da sala. Apenas tome cuidado para que a combinação de cores funcione.

• Segundo Marcel Steiner, poltronas são móveis ideais para design de forte impacto. Já o sofá deve ser mais neutro e de linhas sóbrias para não se tornar cansativo.

A Poltrona Goa, da Marka Estofados, é um exemplo de que uma peça pode unir conforto, design e bom gosto

• Poltronas giratórias são ótimas em espaços pequenos, que precisam ser versáteis. “Só tome cuidado com o design para não adquirir uma peça cafona”, alerta o designer.

• No caso de salas pequenas, nada de colocar sofás minúsculos e poltronas que mal dão para uma pessoa. Se não há espaço em casa, melhor ter menos móveis. Compre um sofá médio e uma poltrona mais larguinha. Priorize o conforto das peças.

• Cuidado com as dimensões. Uma poltrona não pode ser exageradamente grande se sua sala não comporta. É importante que as peças não atrapalhem a circulação de pessoas no espaço.

• Não escolha a peça apenas pelo visual. Mais que bonita uma peças deve ser confortável, ergonômica e sustentável. Prefira poltronas com braços, com um bom encosto e tecido gostoso.

*Marcel Steiner é designer de interiores e mestre em história e crítica da arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP.

Anúncios