Tags

, , , , , , , ,

A 5ª edição da Feira de Artesanato Internacional Art&Craft e a 1ª de Londrina será aberta oficialmente nesta sexta-feira (31), às 13h30, no Centro de Eventos, com a presença de autoridades, expositores e parceiros. Reunindo artesanatos de 15 países, do Paraná e de estados brasileiros, a Art&Craft tem a expectativa de receber 30 mil pessoas nos 10 dias do evento e gerar R$ 300 mil em negócios. 

Até 9 de junho, das 14 às 22 horas, o artesanato feito em lugares como Paquistão, Dubai, Turquia, Japão, Ghana, Indonésia, Índia, África do Sul, Tailândia, Filipinas, Peru, Zimbabue, Equador, Bolívia e Nigeria, ganham destaque nesta primeira edição do evento em Londrina. “A feira é oportunidade de o visitante fazer uma viagem cultural ao ter contato com pessoas de várias partes do mundo. Vestimentas, hábitos, línguas fazem parte das várias culturas que podem ser vistas em um único local”, enfatiza Elaine Cristina Cardoso Augusto, organizadora da feira.

Oficinas de artesanato

Além de conhecer e comprar, o visitante pode optar por participar de oficinas voltadas tanto a quem já atua na área e busca novas técnicas quanto para quem quer iniciar e desenvolver talentos. “Nas Oficinas, o artesão ou o aprendiz tem a oportunidade de conhecer ou aprimorar técnicas, criando ou aumentando as possibilidades de trabalho e de geração de renda”, explica Elaine.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em todo o País cerca de 8,5 milhões de brasileiros fazem do artesanato o seu pequeno negócio. Juntos, esses microempreendedores movimentam mais de R$ 50 bilhões por ano. Segundo a Secretaria de Turismo do Paraná, o Estado abrange cerca de 12 mil empreendedores artesanais.

Várias oficinas já estão programadas, entre elas mosaico, patchwork, patch colagem, bordado em fita, arte em papel, trabalhos em couro e trabalhos em crochê. Algumas são gratuitas, resultado de parcerias com o Instituto Atsushi e Kimiko Yoshii e Programa de Economia Solidária. A grade completa de oficinas pode ser vista no site www.artcraft.com.br.

Oficinas para crianças

As crianças também terão um espaço para desenvolver talentos, ligado às práticas de sustentabilidade ambiental.  Com idade entre 4 e 10 anos, elas encontrarão no evento atividades que serão realizadas nos finais de semana da feira. O Espaço Kids, lugar dedicado exclusivamente para atender os pequenos, terá atividades na sexta-feira, sábado e domingo. A partir do dia 31 de maio, às 16 horas, as crianças vão produzir pássaros e borboletas de papel. O espaço é gratuito e tem limite de 15 vagas.

Culturas in loco

A Art&Craft trará várias opções de objetos para decoração, uso pessoal, acessórios e presentes. Os tapetes do Gran Bazar da Turquia, sucesso na novela global ‘Salve Jorge’, prometem encantar o público ao mostrar uma técnica milenar. Os braceletes de mão vindos direto de Dubai, que ficaram famosos ao serem usados pela personagem Morena, também estarão no evento.

Divulgação

O estande de joias de Dubai traz ainda anéis e uma coleção variada que vai desde modelos discretos até os mais ousados. Nesta linha, é possível encontrar diversas joias exclusivas em pérola e prata da artesã brasileira Fernannda Greca.

O belíssimo artesanato do Paquistão também promete encantar o público com tapetes e objetos de decoração. As peças preservam um charme singular e carregam as tradições estabelecidas ao longo dos anos. Já o artesanato japonês apresenta as bonecas ningyoo, símbolos dos costumes do país. Elas são feitas em porcelana e desenvolvidas através de uma técnica delicada.

A feira traz ainda produtos coloridos feitos em madeira e tecido, que expressam a cultura da Indonésia. O artesanato africano de Ghana também poderá ser visto através das tradicionais máscaras que eram utilizadas em rituais religiosos e que hoje ganham espaço como peças de decoração.

O artesanato japonês vai contar a sua história por meio das bonecas ningyoo, símbolos dos costumes do país. Feitas em porcelana e com uma técnica muito delicada, as bonecas prometem encantar. Produtos diferenciados e que expressam a cultura da Indonésia vão mostrar trabalhos coloridos com peças feitas em madeira e tecido.

Os belíssimos objetos de decoração mineiros, feitos em ferro e madeira como mandalas, cabideiros e pimenteiras também marcam presença na Art&Craft. As famosas namoradeiras – bonecas de gesso ou de madeira debruçadas nas janelas das casas, em sinal de espera – terão exemplares no evento.

Artesanato indígena

A Art&Craft também expõe artesanatos indígenas como bolsas, vasos, cestos e diversos tipos de balaios. Todos os objetos produzidos são de materiais retirados da natureza, até mesmo a tintura. A confecção é feita manualmente pelas mulheres Kaingang, da Terra Indígena Apucaraninha. Já a coleta dos materiais para a criação dos artesanatos é uma atividade masculina.

De acordo com a assistente social da Terra do Apucaraninha, Daniella Parra, a feira vai proporcionar não só a divulgação do artesanato indígena, mas também da própria cultura Kaingáng que participou da colonização de Londrina. “É uma forma de valorizar o patrimônio cultural, além de registrar uma identidade local”, afirma.

Economia solidária

Em um espaço de 100 metros, os visitantes podem conferir artesanatos produzidos pelos integrantes do Programa Municipal de Economia Solidária, apoiado pela Provopar. Dentre os produtos estão itens de decoração, acessórios, presentes, produtos gastronômicos, arte rural e linha pet. Além de conhecer e comprar produtos, o visitante tem a oportunidade de participar de quatro oficinas gratuitas, sendo que três serão de artesanato, e a outra de cultivo de plantas ministradas por integrantes dos empreendimentos da Economia Solidária.

A programação visual do espaço destinado à Economia Solidária será feita pelo artesão londrinense Poka Marques com móveis de madeira de demolição. Com a ideia de preservar o meio ambiente e reaproveitar materiais, Marques desenvolve suas peças usando somente peroba-rosa de demolição que se renova em aparadores, mesas de jantar e de centro, bancos e armários. 

Gastronomia agrofamiliar

A Art&Craft vai proporcionar aos visitantes a experiência da culinária com sabor do campo. A gastronomia agrofamiliar artesanal de várias regiões do Brasil ganha destaque com a presença de produtores que trazem para o evento opções de geleias, doces, patês, conservas, biscoitos, bolachas, condimentos, pimentas, queijos e cogumelos, licores, vinhos, sucos, salames e outros embutidos, além de mel e derivados de rapadura, massas congeladas, sorvetes, polpa de frutas e café.

Os tradicionais doces mineiros também têm espaço garantido na Art&Craft. Doce de leite, paçoca, abacaxi cristalizado, pé de moça e doce de abóbora prometem fazer sucesso.  “São vários tipos de delícias e receitas exclusivas de família”, revela Elaine.

A culinária árabe traz os doces folhados. Típicos da tradição árabe, eles agradam muito o paladar dos brasileiros por serem preparados com nozes, castanhas e natas. Os ingredientes como figos, damascos e águas de flores (rosas e laranjeira) também não ficam de fora.

Entradas e apoios

Entre as entidades apoiadoras da Art&Craft estão Codel, Provopar, Artelon, Abrasel, Prefeitura de Londrina, Programa Economia Solidária e Londrina Convention & Visitors Bureau. A entrada ao evento custa R$ 8,00 e a meia R$ 4,00 com apresentação de convite ou para maiores de 60 anos. Arquitetos, lojistas e decoradores têm entrada gratuita. 

Serviço:

Art&Craft – Feira de Artesanato Internacional

De 31 de maio a 9 de junho

Das 14h às 22h

Centro de Eventos de Londrina

Entrada: R$ 8,00

Anúncios